16 de mai de 2016

GERONTOPHILIA

Voz 1:
Cambria 13,5? Bom. Porque o mundo caiu sobre a minha cabeça. Porque o mundo desmoronou de novo e dessa vez foi bem foda. Ninguém perguntou por quê, ninguém se importa, pois eu estou experimentando a impopularidade de uma mulher gorda presidente. "O gay é a mulher do mundo" eu diria, ao invés de "A mulher é o negro do mundo" como Yoko Ono disse. Devo me preocupar como isso? Não. Cat Power diz em sua canção "My friend/sits at the drum" e "My old friend/sits at the drum" e "My new friend/plays drum all the time" diz isso tudo em sua canção "American Flag". É uma questão cultural, digo. Se você é americano e tem apenas um amigo, um bom amigo, é suficiente para te fazer alguém normal, não para te fazer um esquisito. Aqui no Zimbabwe, onde as pessoas distribuem falsos sorrisos o tempo todo, pretendem que todos os contatos do facebook são amigos, mas não são. Se você tiver uma prova na faculdade ou a prova para conseguir a carteira de motorista, você vai faltar ao meu funeral, vão faltar ao seu também, não duvide. Escolhi o cambria 13,5 porque eu vi o livro novo da Fernanda Young na livraria. Cambria se parece melhor com a letra que ela escolheu para os poemas. Que livro grosso... Como ela pôde juntar tantos poemas bons em sei lá... dois anos? Eu consigo produzir apenas 56 bons poemas em 5 anos! Não mais. Ah... tem imagens, e desenhos, percebi ao olhar a grossura, a tinta a mais. Talvez seja por isso que o livro é tão grosso. Não sei se tem imagens e desenhos em todas as páginas, ou poemas em todas as páginas, não vi todas elas. Talvez eu abri o livro em uma má página, após ler eu pensei "Bonitinho, mas ordinário". Oh deus, um porre ás vezes te diz verdades necessárias. Percebi que, em tempos recentes, tenho conhecido tantas pessoas tão boas que passei a ter a sensação de que eu sequer sou uma pessoa. Deus... Ele fala como um príncipe, monossilábico como um príncipe, ele se comporta como um príncipe e é bonito como um príncipe. Até que nem sou uma pessoa. Eu deveria ter ido descansar pela tarde após a musculação para os braços, após ter tomado whey protein, isso para lançar coisas melhor. Ei, por que você não para com isso? Vá arremessar cadeiras em bares, parece mais com você, pensei eu durante a ressaca. Mas eu bebo e tomo comprimidos azuis para tentar esquecer de que minha cicatriz feia importa, importa sim mas. Bem, nenhuma pessoa de verdade tiraria minhas roupas para vê-la e é melhor manter as roupas, é inverno. Você tem 31 e não, não é fácil encontrar um garoto com cara de príncipe que tenha tendências gerontófilas e. "Oh deus... Eu quero morrer no Canadá" eu deveria dizer ao tirar um termômetro da axila, esfalecendo. "Queria estar morta no Canadá" Lana del Rey deveria ter dito melhor do que apenas "Queria estar morta". Jura que Lana del Rey também tatuou a frase "Trust no One"? mas o fez bem pequeno, no pulso, não teve guts para tatuar no peito, em letras garrafais como eu fiz. Aliás faz um tempão que eu fiz essa tatuagem, a Lana del Rey nem era conhecida e. O Canadá. O manhunt. Você se lembra do manhunt, caro pederasta? Um site para procurar homens, e quando todos os homens feios ao seu redor lhe entediava, você começava a visitar perfis pelo mundo afora, e um cara do Canadá uma vez me explicou a tal mistura dos povos que explica porque os homens canadenses são tão bonitos. Oh, Bruce, Oh Bruce LaBruce, que outro fascinante filme! muito obrigado. 



"Gerontophilia" (2014, CAN, dir: Bruce LaBruce)

***

Voz 2:

Parece uma marmota. Foi o que pensei quando o vi saindo do banheiro. Mesmo sem saber, tive razão. O que é uma marmota? Vamos dar um google:



Marmota

Significado de marmota:

Indivíduo muito desajeitado, que se veste mal; coisas fora de ordem ou bagunçadas. Tal relação se dá na comparação com o roedor de mesmo nome da família sciriudae, que são desajeitados e presas fáceis de várias aves de rapina.

Exemplo de uso da palavra marmota:

“O Toin tava uma marmota na festa!”
“Nunca vi tanta marmota na minha vida”
“A DM parece uma marmota arremessando o peso”
“O rafael castro parece uma marmota fazendo salto em altura”

Personagens novos e diálogos para análise (lição para fazer em casa):

Diálogo 1:

Eu: Professor rabudo, há quanto tempo!
Professor rabudo: Ué, mas você já me viu essa semana.

Diálogo 2:

Eu: Professor rabudo! Você já passou as notas, professor rabudo?
Professor rabudo: Não, não passei.

Diálogo 3:

Eu: Vendedor rabudo! Como estão as vendas?
Vendedor rabudo: Ruins.

É para analisar a relação dos três diálogos e identificar os elementos linguísticos presentes neles.

Até a próxima aula.


XOXO.

Nenhum comentário: