23 de dez de 2014

NATAL DO CARALHO

well, é difícil voltar a tomar anti depressivos. é difícil também quando você simplesmente esquece de tomar por muitos dias e então volta a tomar exatamente na dosagem que tomava. dói o estômago. dá enjôo.  dá desânimo. tanto que dormi quase doze horas na noite passada. sendo assim, não pude começar a fazer exercícios específicos para o salto triplo, os que eu pensava em começar no fim de semana passado. esses nove, são da série mais simples:



well, é difícil fazer esses exercícios sozinho, sem ninguém para dar apoio. bem, vou tentar começar a fazê-los hoje. o plano é conseguir saltar doze metros em abril de 2015, na segunda etapa do tuna (google it).
well, é difícil manter a rotina quando a libido parece estar levemente fora de controle. é bem provável que a libido me leve a fazer coisas que ocuparão o treino específico para o salto triplo. e além do mais ainda tenho a exata noção de quanto tempo não me apaixono. sei que teoricamente isso é bom, mas. well, eu tinha criado expectativas para passar a tarde de domingo acompanhado. em casa. na minha cama. ia comprar lubrificantes. esparadrapo da cor da pele para  a minha cicatriz. faz tempo que não compro coisas assim. faz tempo também que não fico tão desapontado com um furo. o garoto disse que não pôde me ver porque acabou tendo que ir ver alguns parentes...

romeo, romeo, romeo...

acho que fiquei como um gato no telhado esperando o romeo.

será que fiquei desapontado só porque o garoto tinha um pênis estratosférico? será que é aquela breve sensação de que não se deve deixar um garoto com um pênis estratosférico escapar só porque é bem difícil achar um garoto com um pênis estratosférico? além do mais, o garoto era bem bonito, não é vagabundo nem viciado como outrem. mora na moóca e cursa economia na ufabc.
abc
abc
toda criança tem que ler e escrever
abc
abc
toda criança tem que ler e escrever
era o que a torcida da fflch cantava na hora do pódio. o pódio da final do interU madness. a final do voleibol onde o time da fflch onde jogo derrotou a ufabc. veja que bonita a nossa bandeira:



não entrei em quadra na final. não me convidaram para essa festa pobre. fiquei do lado de fora estacionando os carros. brincadeira. fiquei no banco o tempo inteiro porque não fiz um bom aquecimento de rede. estava com dores no joelho por causa do longo treino do dia anterior. o técnico era novo. nunca tinha me visto jogar. não tinha mesmo porque me colocar no jogo. fiquei ajudando com as toalhas. com as garrafas d’agua. putz, esqueci minhas medalhas na casa da minha mãe. Ia postar a foto das três de ouro que ganhei este ano no voleibol aqui. mas tenho a foto do título:



de pé, da esquerda para direita: nosso técnico felipe cruz, bruno fleischer, aloysio rauber, luca kauffman, rafael mattoso e alan rizério.
abaixados, da esquerda para direita: cauê ranzeiro (ganhador do troféu de melhor jogador da competição), roberto antiga junior, marcelo ferraro, sinei sales, eduardo finelli, iuri cardoso e eu! foi bom fazer parte dessa equipe em 2014. foi bom sim J

temo que este esteja se tornando um blog de esporte. é também de, mas não só de. voltemos ao caralho: bem, creio que já está na hora de arrumar um namorado novo. estou solteiro desde março de 2013. não sou tão exigente. e estou em boa forma. em boa fase. acho que o que me mantem solteiro é apenas a sorte. assim como a medalha de ouro no salto em distância que perdi em novembro passado ao ter queimado o salto do ouro por apenas três centímetros: competência eu tinha, faltou sorte para ganhar a medalha. o mesmo serve para o namorado, competência eu tenho para descolar outro, só está faltando sorte mesmo. estar no lugar certo na hora certa ou conhecer a pessoa certa. assim poderei sossegar a piroca durante a semana sendo que terei um homem para encontrar sempre aos fins de semana e assim resolver um pouco a questão da libido. eu já expliquei para o psiquiatra que minha libido está muito aflorada, mas ele não acha isso importante...

dentista arrombada: só no ano que vem vou poder voltar a dentista que fez uma péssima obturação em um dos meus dentes.

casa do caralho: moro em uma casa compartilhada. a casa está bem vazia. parece que só eu, uma garota e o casal da suíte está na casa. acho que todos foram para a casa dos pais. domingo, eu me sentei na mesa da cozinha para comer meu frango assado com batatas e caralho... comecei a ouvir gemidos espetaculares vindos da suíte. algo que me fez questionar por que as mulheres fazem barulho quando gozam? eu mesmo, bato a minha punheta quietinho, sem dar um pio.

etimologia do caralho: google it e surpreenda-se.

é redundância dizer que mais uma vez eu (ateu), minha mãe (budista), meu pai e minha irmã nos reuniremos durante o natal para comemorar não-sei-o-quê?

em 2015 eu:

saltarei bastante.

publicarei meu terceiro livro.

não plantarei nenhuma árvore.

operarei o septo e respirarei melhor.

vou a toronto.

e serei amado.


XOXO.