15 de jun de 2015

O PULO DO GATO

lembro que planejava escrever aqui antes. não o fiz porque estava chateado por não ter sido convocado para a seleção de atletismo da usp para os jogos regionais em julho. eu não teria como, pois terminei apenas em 9º lugar no salto em distância na segunda etapa da copa usp em 17 de maio passado com a marca de 5,49m. além disso, eu tinha apenas a décima marca do ano entre os atletas da usp no momento da convocação. que vontade de chorar. que ódio. como diria seu jorge. fiquei triste porque veria os garotos da fea, da med e da poli treinando para a competição enquanto eu ficaria apenas olhando.

mas passou o ódio. no presente momento, eu posso treinar saltos horizontais, posso cursar a minha segunda faculdade. se eu olhar para dois anos atrás, eu era um viciado em cocaína, sedentário e tinha um relacionamento com um viciado em crack, pobre e grosseiro, parasita e feio. bem, agora estou aqui produzindo um salto de 5,49m. não é tão difícil, mas não é tão fácil. tente em seu quintal. é como o salto da tenente ripley sobre um precipício em um dos filmes da série 'alien', se você se lembrar.

estou treinando a paciência e a perseverança também. meu joelho direito está melhorando (tive uma pequena lesão na copa usp, o que me impediu de fazer o melhor nos meus treinos por duas semanas) e na última sexta feira eu consegui fazer bons educativos de salto com boa verticalização. possivelmente, eu vou fazer minha primeira competição master ever (sim, eu já tenho 30) neste sábado, no cepeusp. depois disso, vou começar o treino de base para me preparar para as competições do fim do ano, que são as mais importantes. estou excitado para empurrar carros. minha meta é terminar o ano saltando além de 6 metros e terminar o ano com uma das cinco melhores marcas da usp no salto em distância, pulando que nem uma bariba, correndo como um ladrão.



de acordo com o imbd, hugo guimarães é um ator, conhecido por atuar em três filmes (logo, serão quatro). seriam cinco se gustavo vinagre não tivesse ficado doente quando filmaríamos um curta para o 'pop porn festival'. gustavo acabou por mandar seu "nova dubai" (onde também atuo).
tenho menos estrofes para escrever aqui sobre o cinema, mas eu ainda continuo frequentemente comprando ingressos de cinema quase todo final de semana. até em shoppings estou indo. até pipoca com manteiga estou comendo (ao ver filmes blockbusters, claro). vi o 'jurassic world' no último sábado. depois, vi 'os pássaros' do hitchcock no cinema pela segunda vez na vida, em uma sessão semi vazia, tranquila. sem nenhum sono. prestando muita atenção. nem lembrava o quanto esse filme é brilhante. "perfeito e eterno", como diria um crítico na primeira revista de cinema que comprei na vida, quando eu tinha 13 anos. a extrema atenção deve ter sido por causa dos três tiros de cocaína que fiz no meio da tarde. tinha esquecido como é bom. e como é bom um homem com cocaína.


de acordo com a livraria da folha, meu primeiro livro está esgotado. bom. graças á deus. serei a xuxa e vou esconder de todos as últimas cópias existentes. 
de acordo com todas as livrarias do mundo, meu segundo livro sequer existe. existe para mim. existe na minha casa e nas mãos de algumas dezenas de pessoas. e estou orgulhoso. muito orgulhoso. mais do que qualquer garoto que metralha o professor de literatura todas as noites com questões que pensam ser excelentes. mas eles não são excelentes. nem os garotos nem as perguntas. eles procuram a mesma coisa que carlos drummond de andrade sempre procurou: ser excelente. a diferença é que carlos conseguiu. meu primeiro livro de poemas... deus. bem, não estou com vergonha dele. eu só acho que eu poderia ter feito melhor e com a mesma proposta. hoje eu não posaria de cuecas na capa. lembro da minha primeira mesa de literatura. eu tinha vinte e quatro anos, mas eu ainda era tão tolo... deus. eu ainda não gosto do carlos drummond de andrade, mas agora, eu sei exatamente por que eu não gosto dele. eu fui aceito na universidade de são paulo para o curso de letras  no ano passado. dois de três professores de literatura que tive, são fãs do carlos. a parte boa é que eu acredito que eles devem gostar de qualquer análise de poema que eu fizer. o professor do iel 1 me deu nota 8 por uma louca análise que fiz do "o útero é do tamanho de um punho" da angélica freitas. uma das idéias daquela análise, era criticar o feminismo, por exemplo. agora eu tenho planos piores. vou analisar o "morte no avião" do carlos e vou mostrar na análise o quanto ele é excelente, é claro, mas também deixarei claro que não gosto dele. e não acho que o professor irá me reprovar. 

meu terceiro livro sim, irá. estará nas melhores livrarias no segundo semestre deste ano (vide post abaixo). e isso me faz mais orgulhoso do que saltar 7 metros, ou do que ser uma animal como sophia longoni. isso me lembra que o glorioso time de voleibol masculino da fflch jogará a semifinal da séria principal da copa usp contra a fascista escola politécnica neste sábado. veja uma imagem do nosso time após bater o ime, a medicina e a farmácia, para terminar em primeiro lugar do grupo.



de pé (left to right): lucas gonzaga, bruno fleischer, sinei sales, roberto antiga, cauê ranzeiro.
abaixados (left to right): eu, joão melo, pedro castellan, luca kauffman, caio de giovani, filipe. 

#eusoufflch! ha!

XOXO



Nenhum comentário: